Inglês Corporativo

Como montar grupos de estudo para aprender inglês no trabalho?

Escrito por Fluenglish

Para montar um grupo de estudos e, juntos, você e seus colegas aprenderem inglês no trabalho, a lógica é praticamente a mesma de pensarmos como nossas relações sociais são construídas durante nossa vida. A grande diferença está no fato de precisarmos lidar com pessoas fora do nosso grupo familiar.

Desde que nascemos, nós, seres humanos, vivemos em grupo. Primeiro na família, com os pais e irmãos. Em concomitância, aprendemos a lidar com as diferentes personalidades dos primos, tios e avós. Ainda nesse mesmo período, vamos para a escola, a faculdade e o trabalho, onde, mais uma vez, precisamos dos grupos para termos eficiência em nossas tarefas.

Acostumados com a eficácia e os efeitos positivos dos estudos em grupos, principalmente na época escolar, quando chegamos no trabalho e nos deparamos com a essencialidade do inglês no dia a dia, percebemos a necessidade de criar, ali mesmo, no ambiente organizacional, um grupo de estudos para aprender inglês. Afinal, em uma vida corrida, a falta de tempo para nos deslocarmos até uma escola de línguas é um grande fator a ser considerado. 

Antes de qualquer coisa, para montar um grupo que realmente dê resultados e não se transforme em uma reunião de trabalho, é preciso criar um plano. Pensando nisso, preparamos estas dicas para você aprender inglês no trabalho. Confira!

1. Escolha pessoas com os mesmos objetivos

É extremamente importante que os grupos não sejam muito grandes e abranjam todas as pessoas da empresa. Por isso, convide para o grupo de estudos pessoas que realmente queiram melhorar e praticar suas habilidades em inglês no trabalho.

Selecione entre 3 e 5 pessoas que tenham a mesma intenção que você ao criar o grupo de estudos. Além disso, vocês precisam ter objetivos em comum, mesmo que não tenham o mesmo perfil profissional ou pessoal. É necessário que todos estejam compromissados, interessados e com vontade de aprender.

Caso você perceba que mais pessoas se encaixam no perfil do seu grupo, nada te impede de montar diferentes grupos. No caso do inglês, o foco de cada grupo pode ser uma ou mais das habilidades de aprendizagem da língua. Vejamos um exemplo:

Você e mais 3 pessoas querem treinar a conversação, mas você também tem dificuldades na escrita e encontrou mais 2 ou 3 colegas com o mesmo problema. Nesse caso, crie dois grupos: um para conversar e outro para treinar a escrita.

2. Opte por locais tranquilos e com acesso a fontes de pesquisa

Depois de escolher os membros do grupo de estudos e direcionar as temáticas, definir o lugar para os encontros do grupo é outra tarefa que precisa de muita atenção. Vocês podem escolher uma sala de reuniões que tenha cadeiras suficientes para todos ou optar por espaços dentro da empresa, como jardins, desde que sejam tranquilos e todos possam ficar confortáveis.

Uma dica que deve ser considerada na escolha do ambiente de estudos é o acesso à informação, seja em computadores ou livros. Não adianta ir para o jardim se lá não tem tomadas e vocês usam o computador como ferramenta de estudos, por exemplo. Enfim, o espaço para estudos está diretamente ligado com as ferramentas utilizadas para o aprendizado.

Algumas pessoas não têm como se deslocar de suas salas ou não encontram um lugar ideal dentro da empresa. Para isso, uma opção é a criação de grupos online, que podem fazer reuniões sem sair da empresa ou mesmo da própria sala.

Como em todas as outras alternativas, um cuidado é indispensável: evite distrações. Sempre que o computador é uma ferramenta de estudos, é preciso ter foco e não cair na tentação de fazer outras coisas no período de estudos do grupo.

3. Crie uma biblioteca corporativa

Uma biblioteca dentro da empresa é um diferencial para o empregador que quer manter seus colaboradores motivados. Essa é uma opção que vai incentivar a leitura e facilitar o acesso à informação e, além disso, pode ser um espaço para aprender inglês no trabalho.

Esse deve ser um local para integrar a equipe de trabalho da organização, exercitando a convivência em grupo e criando um ponto de encontro com diferentes funcionalidades. Enfim, é um local para as pessoas se sentirem bem e valorizadas.

4. Contrate profissionais para guiar o grupo

Por mais que você sinta preparação para tomar a frente do grupo, lidar com algumas situações pode criar alguns desconfortos. Você deve se perguntar: quais são as reais necessidades de aprendizado? Quais processos de aprendizado são mais eficazes? Como lidar com as diferenças de personalidade dentro do grupo? Como abrandar possíveis conflitos?

Como já falamos, montar um grupo de estudos para aprender inglês no trabalho é bem similar com as relações de grupo que enfrentamos em nossa vida cotidiana, porém, a diferença está no fato de estarmos lidando com pessoas com as quais, muitas vezes, só convivemos profissionalmente. Aqui, percebemos que é inevitável a presença de um moderador, de alguém que responda a essas perguntas de uma forma neutra.

Os profissionais contratados para moderar o grupo serão responsáveis por guiar os estudos em um caminho no qual todos os membros sejam contemplados e adquiram o conhecimento necessário. Eles criarão as regras e levantarão os temas a serem estudados de acordo com o perfil do grupo, levando em consideração o individual e o coletivo ao mesmo tempo.

5. Crie o hábito de estudar

Com suas metas definidas, o local de estudos estabelecido e o acompanhamento de um bom profissional, chegou o momento de colocar o grupo de estudos em ação. Identificados os pontos fortes e fracos do grupo, é preciso verificar as possibilidades de encontros e reforçar a necessidade de regularidade entre eles.

Se você não tem o hábito de estudar, as atividades em grupo podem ser um ótimo incentivo para isso começar a mudar, pois o trabalho em grupo, geralmente, é mais estimulante. Sempre que um dos membros do grupo tem alguma recaída, o restante está ali para ajudá-lo a não se perder e voltar a ter foco.

Aprender inglês no trabalho, além de ser uma opção possível para quem não tem muito tempo para se dedicar aos estudos de uma nova língua, é uma ótima forma de fortalecer as relações dentro da empresa. E o mais importante, garante que todos da equipe de trabalho tenham o nível de inglês desejável para o sucesso do negócio.

Se você quer garantir as melhores equipes de trabalho em sua empresa, veja como montar uma equipe campeã sem estourar o orçamento!

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer saber mais sobre as novidades em RH?Inscreva-se em nossa newsletter