Recursos Humanos

Indicadores de RH estratégicos: 12 métricas de sucesso para analisar

indicadores-de-rh
Escrito por Fluenglish

As empresas muitas vezes possuem problemas internos e não conseguem encontrar as origens. A fim de resolver essas e outras questões, os indicadores de RH estratégicos são métricas fundamentais para melhorar o dia a dia da empresa com seus empregados.

São os chamados KPIs e podem fazer toda a diferença.

O que são KPIs na área de RH?

Mais do que um setor que lida com a burocracia do vínculo empregatício, o seu RH pode se transformar em ferramenta para o crescimento. 

Chamados originalmente de KPI (Key Performance Indicator), os indicadores fazem esse papel, trazendo dados importantes para análise e, a partir disso, implementação de estratégias de crescimento.

A importância dos indicadores de desempenho

É muito importante avaliar cada tomada de decisão dentro da empresa e o RH não é diferente disso. Com base nesses dados é que sua empresa consegue saber se precisa de pessoal mais qualificado e consegue resolver problemas internos que causam alta rotatividade.

Os indicadores são uma ferramenta para avaliar o relacionamento da sua empresa com os empregados e tornar cada vez melhor, para que todos alcancem os resultados desejados. 

    Tem interesse nas nossas certificações? Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade:

    Quais são os principais indicadores de RH estratégicos?

    Recrutamento e seleção: 

    Esses indicadores colaboram para melhorar o processo de recrutamento e agilizar a seleção do profissional adequado para a empresa.

    Absenteísmo: 

    Índice que mensura as faltas dos empregados e as justificativas em torno daqueles que se abstiveram de suas atividades.

    Proficiência linguística: 

    A proficiência em outra língua é uma competência técnica muito estratégica para empresas. Para avaliar essa capacidade, são necessários testes para essa comprovação – conheça alguns deles aqui.

    Frequência

    Os indicadores de frequência ajudam a avaliar o grau de comprometimento dos empregados com a pontualidade.

    Rotatividade: 

    Se o grau de rotatividade á alto em determinado setor ou cargo, é importante avaliar os motivos internos para isso.

    Competências: 

    Reúne todas as informações de competências necessárias para os cargos da empresa. 

    Desempenho: 

    O indicador de desempenho ajuda a avaliar, de maneira individualizada, a performance de cada empregado e apontar demandas de treinamento.

    Treinamento: 

    O índice de treinamento mostra os empregados dispostos a crescer profissionalmente.

    Cultura Organizacional: 

    O posicionamento do empregado sobre a cultura organizacional também influencia no seu trabalho e permanência.

    Capacidade e eficiência: 

    É um importante instrumento na hora de avaliar o tempo gasto nas atividades e se a equipe está atingindo seus objetivos. 

    Liderança: 

    Ajuda a detectar a liderança nos colaboradores, pois sem bons líderes a empresa não consegue sair do lugar.

    Headcout: 

    A soma dos funcionários da empresa e um comparativo dos últimos anos pode mostrar se a empresa cresceu ou estagnou.

    Competitividade salarial: 

    É uma comparação dos salários do mercado para os cargos da sua empresa, ajuda a oferecer boas ofertas a profissionais contratados.

    Conclusão

    É preciso traçar metas e estratégias para o RH, afinal, a equipe é crucial para que sua empresa atinja metas de desenvolvimento e crescimento. 

    Sabemos que esse setor já possui muitas demandas, mas as métricas fazem toda a diferença para decisões importantes relacionadas ao pessoal.

    Se você deseja, por exemplo, medidas mais assertivas na hora de contratar um novo colaborador, pode contar com essas métricas para ações pontuais.

    Fica, assim, livre de consequências como alta rotatividade, alto absenteísmo entre outros. 

    Deixar comentário.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Quer saber mais sobre as novidades em RH?Inscreva-se em nossa newsletter