Recursos Humanos

Confira 5 testes para aplicar em um processo seletivo

teste-proficiencia
Escrito por Fluenglish

Quem trabalha com RH sabe bem como é difícil encontrar o profissional certo em um processo seletivo. É preciso fazer uma avaliação minuciosa de dezenas ou mesmo centenas de candidatos para encontrar aquele que fará a diferença e ficará na empresa por um bom tempo.

Caso contrário, se o profissional não se adaptar, a responsabilidade pela falha cai sobre o RH. Por esse motivo que um bom processo seletivo precisa de várias etapas e testes para não deixar nada de fora. Conheça 5 sugestões de testes para você aplicar no próximo processo seletivo da sua empresa.

5 testes para usar no processo seletivo da sua empresa

Teste de perfil:

Esse tipo de teste permite conhecer a personalidade do profissional e assim avaliar se ele se encaixa no fit cultural da empresa. Testes psicológicos como QUATI, Wartegg, Zulliger são bastante usados, mas vale também aplicar um elaborado por um psicólogo especificamente para a empresa. Assim terá uma avaliação personalizada com as perguntas certas para encontrar o melhor candidato.

Teste de proficiência:

O conhecimento em outros idiomas é essencial para a maioria das vagas atualmente. Muitos profissionais indicam conhecimento em inglês e espanhol no currículo, mas somente o teste pode avaliar o real nível de proficiência dele. Por isso é importante sempre aplicar testes dos idiomas necessários para a vaga.

Teste de habilidades sociais:

O trabalho em equipe e as interações sociais fazem parte do dia a dia da maioria dos trabalhos. Por isso é importante que os colaboradores consigam trabalhar uns com os outros em harmonia e sem conflitos. No processo seletivo este teste de habilidades sociais pode ser feito em dinâmicas de grupo, colocando os candidatos para trabalharem uns com os outros para cumprirem desafios.

Teste de conhecimento específico:

Toda vaga requer competências em habilidades específicas. Elas podem ser desde as mais diretas como uso de Excel até as mais subjetivas como capacidade de vendas. Avaliar se os candidatos de fato possuem esse conhecimento é vital para saber se estão aptos para o cargo. O ideal para este tipo de teste é incluir o gestor da área, já que ele sabe quais são os conhecimentos mais importantes.

Teste de apresentação de ideias/produtos:

Ter a habilidade de apresentar uma ideia ou um produto para um grupo de pessoas é relevante para vários cargos. Fazer um teste que os estimule a apresentar um projeto ou defender uma ideia trabalha a criatividade e o poder de argumentação do candidato. Assim, é uma boa avaliação para posições estratégicas ou cargos que lidam com parceiros corporativos ou clientes.

    Tem interesse nas nossas certificações? Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade:

    Por que aplicar testes variados?

    Testes de aptidão, perfil, comportamento, proficiência, cada um tem seu objetivo dentro de um processo seletivo. Afinal, para contratar os profissionais ideais para a empresa é preciso ir além da lista de experiências.

    Só que com tantos candidatos e tão pouco tempo, a melhor forma de fazer uma avaliação mais assertiva é com testes que abordam cada aspecto necessário. Assim você tem mais garantia de que está contratando a pessoa certa.

    Este artigo foi útil para você? Sugerimos a leitura deste outro texto com dicas para otimizar processos seletivos à distância. Fique à vontade também para conferir mais artigos no nosso blog.

    Deixar comentário.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Quer saber mais sobre as novidades em RH?Inscreva-se em nossa newsletter