Dicas

Quais são as competências profissionais mais relevantes para 2021?

competencias-profissionais
Escrito por Fluenglish

Estar por dentro das competências profissionais mais relevantes deve ser prioridade de quem quer se destacar no mercado de trabalho ou até mesmo encontrar uma vaga em 2021.

Diante das mudanças que o mundo inteiro está passando por conta da pandemia, os profissionais e as empresas entraram em uma espécie de estado de alerta. Quem é empresário precisa buscar inovação, enquanto os profissionais estão atrás de novas habilidades.

Afinal, todo mundo precisa garantir o seu lugar ao sol e continuar competitivo dentro de um mercado cada vez mais estreito. Quer saber mais sobre Quais são as competências profissionais mais relevantes para 2021? Vem com a gente!

Competências profissionais: as soft skills mais importantes em 2021

No mundo corporativo moderno, as competências profissionais também são conhecidas como soft skills. Este é o termo mais utilizado por profissionais de RH e significa as habilidades e conjunto de conhecimentos que um colaborador tem.

Por conta das mudanças significativas no mercado de trabalho e na economia, algumas soft skills passaram a ser primordiais para enfrentar o ano de 2021, que se apresenta como mais uma batalha por conta da pandemia.

Veja a seguir as competências profissionais mais relevantes para 2021:

1 – Capacidade criativa

Um dos diferenciais para ter sucesso em 2021 é ser criativo. As empresas estão em busca de mentes abertas com alta capacidade de criar soluções, ideias de produtos e serviços diferenciais, fora da caixa.

Essas ideias, geralmente, se aliam com soluções tecnológicas e internet. Por exemplo, sugerir à empresa um aplicativo ou programa que facilite a experiência do usuário e dos clientes.

2 – Resiliência

Complementando a competência profissional anterior, como estamos na era digital, somado à capacidade criativa, é preciso ter resiliência para compreender a jornada de 2021 e aceitar as limitações.

Veja, isso não significa estagnar, pelo contrário, mas agir com as ferramentas permitidas. Se a empresa quer que você passe a trabalhar home office, que é o indicado pela Organização Mundial de Saúde, então você deve se adaptar a essa rotina. Isso é ser resiliente.

3 – Autogerenciamento

Bem antes da pandemia, o mercado de trabalho já apresentava mudanças na metodologia. Antigamente, era comum os profissionais terem o tempo todo um chefe que apenas mandava fazer as tarefas.

Agora, uma das soft skills mais cobiçadas peças empresas é a capacidade de autogerenciamento. É saber o que precisa ser feito, respeitar os prazos e entregar.

É você quem faz seus horários e se organiza para ter disciplina para cumprir com as metas.

4 – Noções de inglês

Candidatos que querem se diferenciar no mercado de trabalho, seja para recolocação ou até mesmo uma promoção, precisam estar atentos à importância do inglês.

Continua sendo o idioma mais pedido nas seleções, já que muitos softwares e soluções tecnológicas são em inglês, assim como a comunicação na internet se expandiu para outros países e as empresas não querem perder essa oportunidade de ampliação.

Por isso, procure fazer um teste de proficiência em inglês a fim de saber como está o seu nível. Assim, você poderá procurar um curso que cumpra com as suas necessidades no estudo do idioma.

6 – Aprendizagem ativa

Em um mundo em constante transformação, parar no tempo não é aceitável quanto o assunto é conhecimento.

Pessoas interessadas em aprender geralmente se desenvolvem rápido na carreira e trazem inovações para a empresa. Além disso, geralmente estão dispostas a enfrentar novos desafios e aprender com seus erros.

Essa é uma soft skill do futuro, já que sua procura será cada vez maior devido à velocidade pela qual as tecnologias avançam, o que leva conhecimentos a ficarem desatualizados ainda mais rápido do que hoje.

7- Julgamento e tomada de decisão

Já ouviu falar em elasticidade mental? Pois bem, essa é uma das competências comportamentais em ascensão em 2021. Como o mundo corporativo muda a uma velocidade vertiginosa, a capacidade de solucionar problemas fica mais complexa e rara.

Embora computadores sejam capazes de processar informações melhor do que o cérebro humano, ainda somos nós que tomamos decisões críticas na organização. 

Apenas nós conseguimos levar em consideração as implicações das decisões para o negócio e as pessoas que nele trabalham.

8 – Inteligência emocional

Sem dúvida, outra competência profissional relevante para 2021 é a inteligência emocional, que é saber lidar com os sentimentos sem deixar que eles controlem a sua vida.

Sabe quando há o momento certo para cada coisa que fazemos? Então, é saber respirar fundo em uma situação de conflito, entender que dentro de uma empresa nem tudo é pessoal e seguir em frente com as suas tarefas.

Agora queremos saber, quais dessas competências profissionais você acha que precisa adquirir ou melhorar? Aproveite para ler outros conteúdos em nosso blog.

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer saber mais sobre as novidades em RH?Inscreva-se em nossa newsletter