Dicas

8 técnicas de estudo para acelerar o aprendizado em inglês

Aprendizado em inglês
Escrito por Fluenglish

O aprendizado de outra língua já é considerado uma necessidade básica atualmente, tanto do ponto de vista pessoal quanto do profissional. Por isso, é importante diversificar as técnicas de estudo para viabilizar e acelerar o processo.

No contexto mundial, o inglês é o idioma que mais facilita a comunicação entre diferentes povos e culturas, sendo relevante, especialmente, para a carreira profissional. Em vista disso, vale a pena investir em recursos que ajudem a trazê-lo para o nosso dia a dia.

No post de hoje, você vai conhecer 8 técnicas de estudo utilizadas para acelerar o aprendizado da língua inglesa. Leia o nosso material a seguir e comece já a colocar as dicas em prática!

1. Assistir a filmes e séries

Esse é um método muito conhecido e que, de fato, pode ser bastante eficiente. Ainda mais atualmente, com a grande diversidade de filmes e séries a que temos acesso, o aprendizado do inglês ficou muito mais fácil.

No início, pode ser um pouco difícil de compreender tudo que os personagens estão falando. Então, até conseguir entender melhor, você pode colocar legendas para ler e ouvir ao mesmo tempo — com a prática, somente com a audição você conseguirá compreender os diálogos.

A vantagem dos seriados é que você pode assistir a apenas um episódio por dia e, aos poucos, familiarizar-se com a história. Se você prefere filmes a séries, será necessário um pouco mais de tempo disponível.

Mas, mesmo assim, procure não deixar essa tarefa de lado, pois ela pode contribuir muito com o seu inglês!

2. Ouvir músicas

Se a ideia é aprender outro idioma, quanto maior contato você tiver com ele, melhor.

Logo, encontrar músicas de que você goste na nova língua também ajudará a estender o seu vocabulário e a aprender algumas pronúncias.

Mas é preciso encarar essa missão realmente como uma técnica de estudo. Isso quer dizer que não adianta pegar músicas com letras que você já conhece ou que não acrescentem tanto para o seu aprendizado.

Para fazer valer, o ideal é encontrar canções agradáveis, mas que você desconheça as palavras, para conseguir aprender novos termos.

No começo, é bom ler a letra e pesquisar as palavras desconhecidas para entender os significados — depois disso, você já poderá treinar a pronúncia com a cantoria!

3. Investir em aulas ou grupos de conversação

Quem já tem uma noção básica de inglês, principalmente de gramática e vocabulário, deve investir nos métodos de conversação.

Inclusive, essa é uma “falha” que muitas pessoas cometem: elas sabem entender, mas não conseguem falar.

E isso pode fazer com que os estudantes sintam dificuldade para se comunicar em momentos cruciais, como em uma entrevista de emprego, por exemplo. Portanto, é fundamental aprender a “desenrolar” a fala praticando, errando e aprendendo cada vez mais.

As aulas focadas em conversação são uma ótima oportunidade para isso, mas a pessoa interessada também pode procurar outros meios, como grupos no trabalho ou na internet, e até mesmo marcar encontros periódicos com os amigos para conversar apenas em inglês.

4. Acompanhar podcasts

Para quem quer treinar o ouvido, uma boa indicação é procurar podcasts para acompanhar.

Tratam-se de arquivos multimídia, disponibilizados na internet pelos próprios usuários, que criam histórias, expressam suas opiniões, conversam sobre variados assuntos — é como se fosse um blog falado.

A vantagem é que você pode ouvir um podcast durante o tempo em que fica no trânsito, enquanto faz uma atividade física ou aguarda em uma sala de espera. Ou seja, é uma forma de aprendizado eficiente e barata.

Basta encontrar temas que mais lhe agradem, desde tecnologia, culinária, história, fotografia…. enfim, o mundo dos podcasts é extremamente vasto e capaz de agradar a diversos interesses.

5. Ler livros em inglês

Ler um livro inteiro em outra língua pode parecer muito difícil no começo, mas é apenas uma questão de hábito. A dica é começar por títulos menores, com vocabulários menos complexos, e evoluir aos poucos.

Outro conselho é não parar a cada palavra desconhecida, o que pode impedir o fluxo da leitura e fazer com que você se canse rapidamente da atividade.

Procure o significado apenas se perceber que o seu sentido é fundamental para o entendimento da estória, caso contrário, siga com a leitura e tente compreender o contexto geral.

Além de enriquecer muito o vocabulário, essa técnica vai ajudar você a escrever melhor em inglês, já que estará atento à formação das frases e ao uso de diversos termos.

Estudar apenas com frases prontas e soltas pode deixar você um pouco preso a elas, sem capacidade de desenvolver os seus próprios textos.

Se preferir, outra opção é baixar o áudio do livro e ouvi-lo acompanhando com a leitura. Assim, você consegue treinar o seu ouvido e, ao mesmo tempo, a pronúncia correta das palavras.

6. Trocar o idioma dos seus dispositivos

Se o intuito é trazer o novo idioma para a sua rotina, uma boa dica é mudar a linguagem dos seus dispositivos eletrônicos para que você aprenda novas palavras e se acostume com os comandos traduzidos.

Pensando nisso, programe o computador, o GPS, o smartphone, o tablet, a televisão e todos os seus demais equipamentos para o inglês. Procure também aplicativos que possam ser úteis nesse momento.

Isso vai aperfeiçoar ainda mais o seu nível de compreensão e o seu vocabulário. Apenas tome cuidado para não desconfigurar tudo — quando tiver alguma dúvida, é melhor procurar o significado da palavra!

7. Fazer anotações

O ato de escrever ainda é uma técnica bastante útil para estimular a memorização e o aprendizado. Por isso, muitas pessoas elaboram listas, tabelas, resumos, fluxogramas, entre outros materiais, para guardar informações importantes.

No caso de um novo idioma, vale a pena anotar as palavras mais difíceis para você, pois, assim, poderá revisá-las sempre que for necessário.

Você pode escrever os vocábulos em um papel (ou mesmo no seu celular) e, diariamente, reservar um tempo para revisar os termos, repetindo o estudo até absorvê-los melhor.

8. Viajar

Por fim, uma das melhores formas de intensificar o conhecimento em inglês é viajar para algum país falante de língua inglesa. Assim, você conseguirá vivenciar diariamente uma experiência com o idioma.

Tenha em mente que as situações cotidianas reservam muitos desafios que favorecem imensamente o aprendizado.

E mesmo que você não tenha a oportunidade de fazer uma viagem no momento, tente priorizar o intercâmbio cultural como uma de suas metas. Certamente, esse tipo de experiência contribuirá muito para que você domine o idioma!

E aí, gostou das nossas técnicas de estudo para acelerar o aprendizado em inglês? Para continuar acompanhando outras dicas legais como as de hoje, não deixe de assinar a nossa newsletter!

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer saber mais sobre as novidades em RH?Inscreva-se em nossa newsletter