Carreira

O que fazer para trabalhar em empresas multinacionais

multinacionais
Escrito por Fluenglish

Sabemos que o objetivo de qualquer profissional é conseguir um cargo eficiente em empresas no mercado. Por esse motivo, podemos perceber os inúmeros benefícios ao ser contratado por uma empresa multinacional, pois, além de existir diversos polos em outros países, ela também oferece muito mais capacidade de um colaborador ascender de cargo e crescer profissionalmente dentro dos setores internos.

Como se sabe, a proficiência em inglês é um dos requisitos das multinacionais como fator competitivo na contratação.

Sendo assim, precisamos entender que não é fácil entrar nesse tipo de empresa e, dessa forma, alguns critérios precisam ser atendidos para que consigamos conseguir uma vaga dos sonhos nesse tipo de corporação. Quer saber como? Então confira o nosso post até o final e saiba o que fazer para garantir uma vaga em uma multinacional.

Afinal, o que é uma multinacional?

Para quem não sabe o real conceito de uma multinacional, podemos defini-la como uma organização que tenha a sua matriz em um determinado país e, ao mesmo tempo, tenha polos em outras regiões do mundo. Sabe-se que sua origem ocorreu no final do século XIX, mas devido a atuação desse tipo de empresa, o seu crescimento ocorreu apenas após a Segunda Guerra Mundial, em 1945.

Em resumo, o principal objetivo das multinacionais é conquistar diversos mercados mundiais, a fim de aumentar a sua autoridade de marca e, consequentemente, a lucratividade.

Por serem extremamente conceituadas no mercado, ganham a atenção de diversos profissionais, pois tratam-se de corporações com uma alta rentabilidade, o que oferece diversos benefícios financeiros aos seus colaboradores.

Qual é a formação exigida para trabalhar em empresas multinacionais?

No mundo dos negócios existem diversas formas de especialização que diferem dos demais campos de conhecimento. Pessoas que estudaram administração, direito, marketing, cursos das áreas de finanças ou mesmo engenharia de produção podem sair na frente por ter a formação que se encaixa nas necessidades mais cotidianas de uma grande empresa.

Nesse sentido, alguns cursos que podem contar como pontos extras nessa corrida por um cargo em uma multinacional são:

Master Convencional: especialização voltada diretamente para o mercado de trabalho que é vista como um MBA júnior; Master Business Administration (MBA): especialização de caráter mais aprofundado e muito bem-vista no meio corporativo; mestrado: de aspecto ainda mais teórico e acadêmico, você também pode se destacar com esse alto nível de formação; doutorado: ainda que seja voltado mais para aqueles interessados em seguir carreira acadêmica, nada impede de você se diferenciar com isso.

A estrutura organizacional de empresas multinacionais envolve diferentes cargos em diversos níveis. Quanto mais você direcionar a sua carreira aos interesses da corporação mais poderá se destacar. Muitas delas, inclusive, investem para que seus funcionários tenham esse acesso a cursos de pós-graduação como forma de fortalecer o know-how da empresa.

Como conseguir uma vaga em uma multinacional?

Assim como em qualquer empresa no mercado, existem diversos requisitos que são impostos aos candidatos, a fim de conseguirem uma vaga de acordo com suas habilidades e competências. Nas multinacionais, não é diferente. A questão, contudo, é que podem exigir habilidades ainda maiores, como, por exemplo:

1. Ter uma excelente experiência na formação

Em geral, as multinacionais não se atentam muito às instituições de ensino onde você realizou seus estudos de graduação, pós-graduação ou até mesmo MBA.

O maior interesse nesse quesito por parte dessas empresas são suas experiências e notas na faculdade, bem como seu histórico profissional com experiências relacionadas ao cargo pretendido. Suas experiências práticas contam muito mais do que a sua base teórica.

2. Proatividade e comunicação oral

Sendo considerada uma das habilidades mais demandadas pelas empresas tradicionais de mercado, com uma multinacional não é diferente. Como percebemos, os empreendimentos não trabalham mais sob um sistema vertical, com aquela hierarquia taxativa dentro dos processos internos.

Atualmente, os negócios trabalham com horizontalidade, fazendo com que todos os colaboradores tenham proatividade e total liberdade para exercerem suas atividades profissionais e aquelas relacionadas a ela.

Além disso, as multinacionais também buscam colaboradores que consigam expressar suas vozes no campo interno, a fim de agregar valor à marca através da inovação e criatividade, com o objetivo de ajudarem na otimização de processos e torná-los cada vez mais enxutos e eficientes.

3. Proficiência em inglês

Já que estamos falando de multinacionais, ou seja, uma marca que oferece polos em diversos lugares do mundo, é imprescindível o domínio do inglês para este cargo. Isso porque pode haver sistemas, contatos e atividades que exijam discussões, contatos e o uso de sistemas estrangeiros. A intranet costuma ser igual para todos os colaboradores, e sendo estrangeira, deve ser dominada por todos os que obtêm acesso.

Portanto, o inglês ou espanhol (consideradas as línguas mais demandadas pelas multinacionais) precisa estar presente no seu dia a dia. Caso você ainda não tenha domínio, busque estudá-la continuamente, seja sozinho ou com a ajuda de uma escola de idiomas. A proficiência em inglês precisa ser comprovada e testada pelas multinacionais.

Qual o perfil profissional que empresas multinacionais buscam?

Conforme adiantamos, as empresas multinacionais têm um nível de exigência que costuma estar acima das corporações que atuam apenas em um único país. A razão disso se dá pela extensão e complexidade de seus negócios. Por ser um trabalho que envolve diferentes frentes, em níveis diversos e em várias partes do globo, elas não podem errar na hora de contratar.

Por isso, dão preferência aos profissionais experientes no nicho em que atuam e com algum tipo de especialização ou graus ainda mais elevados de formação. Porém, não confunda experiência com idade e não pense que você não pode se preparar para trabalhar em uma multinacional se ainda não tem pós-graduação.

Saber o que quer e quais os pontos fortes de sua trajetória já é um bom começo para a ajustar seu perfil profissional. Além do mais, existe a questão que mencionávamos no tópico anterior sobre o jogo de cintura necessário para permanecer em uma corporação desse porte.

Muitas vezes, o clima competitivo que pode existir ali, a pressão por grandes resultados e a capacidade de falar bem uma segunda língua diariamente podem ser demais para quem não está devidamente preparado. Por isso, é importante também possuir o mindset correto para permanecer em um ambiente de alta performance profissional. Vale pensar que os benefícios e salários oferecidos por estas corporações costumam superar bastante as condições normais oferecidas em território nacional.

Conclusão

Conforme vimos, ganhar um cargo em uma multinacional pode ser a oportunidade que você precisava para conseguir todos os seus objetivos. Agora que você já sabe o que é uma multinacional, as incríveis vantagens de se trabalhar em uma e os principais requisitos que essas organizações exigem de um candidato, que tal testar a sua proficiência em inglês conosco?

Acesse agora mesmo o nosso site e realize o seu teste online.

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer saber mais sobre as novidades em RH?Inscreva-se em nossa newsletter