Carreira

Entenda porque vale a pena aprender espanhol para o mercado de trabalho?

espanhol
Escrito por Fluenglish

Na busca por diferenciais para o currículo e o desenvolvimento de conhecimentos e habilidades valorizadas pelo mercado, muitas pessoas subestimam a validade de aprender espanhol para o mercado de trabalho.

No entanto, o número de empresas que exigem ou valorizam o espanhol é cada vez maior. A busca por profissionais que tenham a habilidade para se comunicar com diversos mercados em um mundo globalizado é uma demanda cada vez mais frequente de grandes corporações.

Por isso, confira algumas boas razões para investir no espanhol com foco no mercado de trabalho. Acompanhe!

Por que vale a pena aprender espanhol para o mercado de trabalho?

Ampliação das possibilidade de atuação profissional

De olho em oportunidades fora do país, muitos brasileiros investem no inglês como meio para acessar vagas de trabalho e bolsas de estudos em países como os EUA. No entanto, o espanhol também apresenta uma vantagem significativa para aproximar brasileiros de oportunidades como essa.

De acordo com um relatório do Instituto Cervantes, os EUA conta com mais de 40 milhões de falantes da língua espanhola e a perspectiva é que esse número continue crescendo nos próximos anos. Além disso, quase 19% da população americana se declara de origem hispânica.

O espanhol também conecta o brasileiro com todo o restante da América Latina, ampliando significativamente as possibilidades de trabalho e estudo. Seguindo a tendência de maior integração e estreitamento das relações comerciais entre os países do Mercosul, a demanda por brasileiros que sejam fluentes em espanhol deve aumentar, já que esse é o idioma principal dos países que compõem esse bloco econômico.

Influência econômica e poder de compra

Ainda segundo o Anuário de 2020 do Instituto Cervantes, os falantes de espanhol representam quase 10% do poder de compra mundial. Dessa maneira, esse é um mercado alvo de grandes empresas e iniciativas e, para ampliar sua atuação e negócios, há maior necessidade por profissionais fluentes no idioma.

Para ilustrar a influência do espanhol na economia, se a comunidade hispânica dos EUA fosse separada como um país independente, representaria a 8º maior economia do mundo. Tais dados demonstram o peso e influência desse idioma em nível global e, portanto, o peso de contar com a fluência nessa língua em seu currículo.

Produção científica mundial na língua espanhola

Além de facilitar o acesso a oportunidades de trabalho em outros países, incluindo os de língua inglesa, o espanhol também está envolvido em outro dado muito interessante: a divulgação científica.

Depois do inglês, o espanhol é o idioma mais utilizado em publicações de textos científicos, 4,3% da produção mundial. Esse número considera as publicações monolíngues e está dividido em três principais áreas do conhecimento: medicina, artes e sociologia.

Por isso, além do foco no mercado de trabalho, o espanhol também pode representar inúmeras possibilidades para os interessados nas carreiras de pesquisa, bolsas de estudo de graduação, especialização e doutorado, entre outras, seja dentro ou fora do Brasil.

Neste artigo, você conferiu algumas boas razões para aprender espanhol para o mercado de trabalho. Agora, que tal conferir outro conteúdo?

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer saber mais sobre as novidades em RH?Inscreva-se em nossa newsletter