Carreira

Conheça as vantagens de ter um certificado de proficiência em inglês

Escrito por Fluenglish

Ter o inglês como segunda língua é uma necessidade. Cursos, intercâmbios, aplicativos… Estamos rodeados de opções para estudar e aprimorar nossos conhecimentos da língua inglesa. Mas como medir e comprovar esses conhecimentos?

A melhor maneira é obter um certificado de proficiência em inglês. A certificação traz muitos benefícios, pois é reconhecida internacionalmente e pode alavancar seu currículo e ampliar as possibilidades profissionais e acadêmicas.

Neste post, você conhecerá as vantagens de possuir uma certificação e quais são os exames mais conhecidos. Acompanhe!

Reconhecimento internacional

Os exames de proficiência são aplicados por universidades de países que têm o inglês como língua nativa (EUA e Inglaterra) e que atestarão sua desenvoltura e nível de conhecimento do idioma.

Os testes medem os níveis de domínio da língua de maneira distinta entre si, cada um com uma finalidade, e são aceitos no mundo todo, pelas mais diversas instituições de ensino e por empresas multinacionais.

As escolas de idiomas brasileiras não emitem certificações reconhecidas no exterior. Os cursos ofertados podem expandir os conhecimentos da língua e até fazer com que você obtenha fluência, mas não há o reconhecimento documentado do seu nível de domínio do inglês, nem mesmo em território nacional.

Verifique se a escola de idiomas que você escolheu oferece preparo para os exames de certificação, isso pode ser um importante diferencial no seu caminho até a proficiência.

Desenvolvimento acadêmico

Se o seu objetivo é seguir a carreira acadêmica, a certificação pode ser exigida quando você se inscrever para os programas de pós-graduação. As universidades, tanto no Brasil como no exterior, costumam pedir proficiência em inglês para ingresso no mestrado e doutorado, independentemente da área do conhecimento pretendida.

Além de atestar o seu inglês, estudar para o exame pode ampliar ainda mais suas habilidades de leitura e escrita, fazendo com que você tenha um aproveitamento maior de conteúdos e publicações científicas em língua inglesa e seja capaz de redigir artigos e pesquisas com excelência.

Os exames mais procurados com propósito acadêmico são o TOEFL, IELTS e os testes aplicados pela Universidade de Cambridge.

Maior aproveitamento do intercâmbio

Intercambistas que desejam estudar em universidades fora do país também precisam provar os conhecimentos da língua inglesa.

As universidades americanas e inglesas determinam uma nota mínima para quem deseja ingressar nos programas de graduação e pós-graduação, portanto, antes de procurar um exame de certificação, informe-se sobre as notas exigidas nas instituições que você está mirando e quais os testes que elas aceitam.

Se você tiver um visto que permita que você trabalhe, uma certificação de proficiência em inglês pode tornar mais fácil conseguir um emprego, pois garante as suas habilidades comunicacionais na língua nativa do país, ou seja, seu intercâmbio vai render muito mais!

Diferencial no mercado de trabalho

O certificado de proficiência em inglês pode ser um diferencial nos processos de recrutamento iniciais, principalmente de empresas multinacionais, que demandam comunicação com filiais distribuídas em diversos países, o que acontece, predominantemente, em inglês. Ou seja, ainda que a empresa não solicite oficialmente uma certificação de proficiência, ela fará o seu currículo se destacar no processo seletivo.

Para fins profissionais, os testes mais procurados são o TOEIC, o IELTS e o Michigan (ECPE).

Impulsionar a carreira

É bastante comum que cargos maiores, especialmente de gestão, exijam o domínio do inglês. Então, se você está de olho em uma promoção na empresa em que trabalha, ser proficiente pode ajudá-lo a conquistar a tão sonhada posição.

Candidatos proficientes tendem a ser considerados mais qualificados para posições mais altas de gestão devido às suas habilidades comunicacionais em mais de um idioma.

O fato de ter um nível mais avançado em inglês também pode contribuir para recolocações profissionais, como mudança para uma área que exija comunicação em mais de uma língua ou um cargo que tenha adotado o inglês fluente como um requisito.

Qual certificado de proficiência em inglês eu devo escolher?

Isso vai depender bastante dos seus objetivos. Cada teste possui particularidades e pode ser exigido em diferentes situações por diferentes instituições, bem como emite pontuações de diversas maneiras.

Em geral, tais testes não “reprovam”, mas sim fornecem uma pontuação obtida em vários itens avaliados (conversação, leitura, escuta e escrita — a pronúncia não é avaliada, não precisa se preocupar com o sotaque).

Procure saber as notas mínimas das instituições ou empresas para as quais você pretende apresentar o teste, assim você se prepara melhor para realizá-lo e não corre o risco de apresentar um certificado de proficiência que não atenda às exigências da empresa ou universidade.

É possível fazer os testes quantas vezes forem necessárias para que você obtenha a pontuação de que precisa — mas prepare seu bolso, pois os valores de aplicação são expressivos (por volta de R$ 800 para o IELTS, por exemplo).

Exames para obter o certificado de proficiência em inglês

  • International English Language Testing System — IELTS: um dos exames mais aceitos no mundo, serve tanto para fins acadêmicos como profissionais. Não tem data de validade específica, mas é recomendado que não tenha mais de dois anos;
     
  • Test of English for International Communication (TOEIC): é o teste mais utilizado no mundo para fins profissionais. É bastante exigido por multinacionais e empresas do exterior. Tem validade de dois anos;
     
  • TOEFL: é o mais solicitado pelas universidades do Brasil e do exterior, seja para ingresso na graduação ou nos programas de pós-graduação (mestrado e doutorado). Também tem validade de dois anos;
     
  • Michigan (ECPE): utilizado especialmente nos EUA, é indicado para fins profissionais, especialmente para estrangeiros que estão pleiteando uma vaga nos Estados Unidos;
     
  • Cambridge English: Voltados principalmente para quem quer estudar no Reino Unido, os testes medem diversos níveis de conhecimento de inglês. Os mais conhecidos são KET (Key English Test), PET (Preliminary English Test), FCE (First Certificate in English), CAE (Certificate in Advanced English) e CPE (Certificate of Proficiency in English). Não possuem data de validade.

E aí? Está convencido de que um certificado de proficiência em inglês pode alavancar seus estudos e carreira? Ainda tem dúvidas sobre qual teste você deve buscar? Entre em contato conosco e te daremos assessoria completa!

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer saber mais sobre as novidades em RH?Inscreva-se em nossa newsletter