Carreira

Aprenda a criar uma descrição de cargos completa e eficaz

Descrição de Cargos
Escrito por Fluenglish

A descrição de cargos é uma ferramenta útil e de linguagem simples que descreve as tarefas, funções e responsabilidades de uma posição. Ele descreve os detalhes de quem executa um tipo específico de trabalho, como que ele deve ser concluído, sua frequência e o propósito do cargo em relação à missão e aos objetivos da organização.

As descrições de cargos são usadas por uma variedade de razões, como uma ferramenta para recrutar, determinar níveis salariais, fazer a gestão de talentos da empresa, realizar avaliações de desempenho, esclarecer focos e criar métricas importantes para o sucesso do colaborador. Elas também são úteis para planejamento de carreira e exercícios de treinamento, ajudando de diversas maneiras no desenvolvimento pessoal e profissional.

A descrição de cargos dá a um funcionário um recurso claro e conciso para ser usado como um guia para o desempenho do trabalho. Do mesmo modo, o supervisor pode usar uma descrição de cargos como uma ferramenta de medição para garantir que o empregado atenda às expectativas da posição. Quer saber como criar uma descrição de cargos completa e eficaz? Confira o artigo que preparamos para você!

Etapa 1: execute uma análise do cargo

Este processo de coleta, análise e interpretação de dados sobre as tarefas do cargo, fornecerá informações preciosas sobre o cotidiano de alguém que performa essa posição. A realização de uma análise de cargos inclui as seguintes etapas:

  • entrevistar funcionários para descobrir exatamente quais tarefas estão sendo executadas;

  • observar como as tarefas são executadas;

  • os funcionários preencherem questionários ou planilhas;

  • coletar dados dos líderes e liderados do departamento.

Os resultados devem ser documentados e revisados pelo colaborador que atualmente está no cargo e seu supervisor. Além disso, também é importante analisar algumas competências e a relevância de se ter determinado conhecimento, habilidade, experiência e outros:

  • Conhecimento: compreensão de um conjunto de informações adquiridas por experiência ou estudo;

  • Habilidade: competência observável para realizar uma atividade que já foi aprendida;

  • Experiência: o nível mínimo de treinamento, experiência e certificações aceitáveis para o cargo.

Etapa 2: estabeleça as funções principais

Uma vez que o padrão geral para um cargo específico foi feito, as funções principais da posição devem ser definidas. Isso proporcionará um melhor caminho para as etapas seguintes. Definir as funções essenciais abrange as seguintes etapas:

  • certifique-se de que as tarefas do cargo são verdadeiramente necessárias ou essenciais para conseguir executar o trabalho;

  • determine a frequência em que a tarefa é executada ou a quantidade de tempo gasto na execução de uma tarefa;

  • determine as consequências de não executar a função e se isso prejudicaria a operação do colaborador ou resultaria em graves consequências para a organização;

  • determine se as tarefas podem ser redesenhadas ou executadas de outra maneira;

  • determine se as tarefas podem ser reatribuídas a outro funcionário.

Uma vez que as funções principais são definidas, o empregador pode determinar se as funções são essenciais ou secundárias. O uso do termo “função principal” deve fazer parte da descrição do cargo e deve indicar explicitamente como um indivíduo deve realizar o trabalho.

Etapa 3: organize os dados de forma concisa

A estrutura da descrição de cargos pode variar de empresa para empresa, porém, todas as descrições dentro de uma organização devem ser padronizadas para que tenham a mesma aparência e auxiliem em futuras realocações.

  • Nome do cargo: nome da posição;

  • Salário: níveis de compensação em que empregos do mesmo valor ou valor similar são colocados, além do intervalo de taxas de pagamento, incluindo níveis salariais mínimos e máximos;

  • Data: data em que a descrição do trabalho foi escrita ou revisada pela última vez;

  • Resumo/objetivos: objetivos gerais do trabalho;

  • Funções principais: inclui a forma como um indivíduo deve realizá-las e a frequência em que as tarefas são executadas, entre outros pontos supracitados;

  • Competências: conhecimento, habilidades e experiências;

  • Responsabilidades de supervisão: relatórios diretos, se houver, e o nível de supervisão;

  • Relatório: relata o título da posição a que este trabalho se reporta;

  • Línguas: certificados de proficiência em inglês, espanhol ou outra língua importante para a empresa;

  • Ambiente de trabalho: temperatura, nível de ruídos dentro ou fora da empresa e outros fatores que afetarão as condições de trabalho da pessoa ao executar o cargo;

  • Exigências físicas: as exigências físicas do trabalho que pode incluir possíveis movimentos bruscos, ter que ficar sentado por longas horas ou levantar repetidamente, pode-se requerer conduzir automóveis;

  • Horas esperadas de trabalho: tempo integral ou parcial, horas típicas de trabalho e turnos, dias da semana e se pode haver horas extras;

  • Educação requerida e experiência: educação e experiência com base em requisitos que são relacionados ao trabalho e consistentes com a necessidade do negócio;

  • Qualificações adicionais: requisitos adicionais, tais como certificações, experiência específica no setor e experiência em trabalhar com determinados equipamentos;

  • Outros deveres: você pode adicionar o que achar pertinente nesta parte.

Etapa 4: revise e finalize sua descrição de cargos

É uma boa ideia adicionar uma observação que indica que a descrição do cargo não foi projetada para cobrir ou conter uma listagem completa de atividades, deveres ou responsabilidades que são exigidas ao empregado. Outros deveres, responsabilidades e atividades podem ser alterados ou ser atribuídos a qualquer momento com ou sem aviso prévio.

Um rascunho da descrição do cargo deve ser apresentado à alta administração e ao supervisor de posição para revisão e aprovação. Um rascunho permite a oportunidade de revisar, adicionar ou retirar qualquer detalhe antes da aprovação da descrição final do trabalho.

As assinaturas são uma parte importante da validação da descrição do cargo. Elas mostram que a descrição do trabalho foi aprovada e que o funcionário entende os requisitos, funções principais e deveres do cargo. As assinaturas devem ser do líder e do liderado.

As descrições finais do trabalho devem ser mantidas em um local seguro e as cópias devem ser usadas para postagens de trabalho, entrevistas, análises, avaliações de compensação e avaliações de desempenho. Os empregadores também podem querer publicá-las em suas redes sociais, como LinkedIn.

Agora você já saber como montar uma descrição de cargos de forma completa e eficaz? Você tem alguma dúvida ou gostaria de compartilhar sua experiência com outras pessoas? Então, comente aqui agora mesmo!

Sobre o autor

Fluenglish

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer saber mais sobre as novidades em RH?Inscreva-se em nossa newsletter