Dicas

5 dicas para encontrar profissionais qualificados para uma vaga

Escrito por Fluenglish

Quando se fala em contratação de funcionários para uma determinada empresa, muitos fatores devem ser levados em conta, haja vista que o perfil dos colaboradores selecionados influenciará vigorosamente no desempenho do seu negócio, podendo trazer grande prosperidade ou largo prejuízo à empresa.

Então, antes de divulgar qualquer tipo de vaga ou processo seletivo, o contratante deve ter em mente exatamente o que espera do profissional a ser contratado.

A busca pelos profissionais qualificados para determinada atuação deve ser feita com cautela, por maior que seja a necessidade da empresa de preencher aquela vaga. É importante que o processo seletivo busque profissionais qualificados para formar uma equipe com o mínimo possível de gaps de competência.

Confira, a seguir, algumas dicas e sugestões para encontrar os colaboradores ideais para seu negócio, levando em consideração a otimização do tempo e do pessoal encarregado pelo processo seletivo.

1. Saiba o que se espera do candidato

Pode parecer óbvio, mas é muito importante ter uma ideia clara do que se espera do candidato. Assim que for definido qual seu público-alvo, aumentará a probabilidade de encontrar um colaborador que se encaixe no perfil da empresa.

Se necessário, faça uma lista com as habilidades e competências indispensáveis para o cargo em questão. Qual a escolaridade mínima requisitada? É necessário ter fluência em inglês? Existe algum conhecimento específico imprescindível para a execução do trabalho? A forma de avaliar estas questões é muito importante para evitar riscos futuros.

Construído o perfil ideal do funcionário, a busca se torna um pouco mais simples, pois agora já sabemos o que estamos procurando. 

Também é interessante que o contratante possua alguma flexibilidade. O funcionário ideal, como diz o nome, é apenas uma ideia. No mundo real, nossa relação é com pessoas reais. Vale a pena listar quais são os valores e habilidades que o colaborador pode desenvolver ao longo da carreira.

2. Busque, além do conhecimento, a atitude

Para a maioria dos empregos, é indispensável que o profissional possua uma bagagem de conhecimentos específicos de sua área de atuação.

Durante o processo seletivo, esses conhecimentos devem ser avaliados para garantir que o candidato tem os instrumentos necessários para determinada atuação. As avaliações podem ser orais (na forma de entrevistas), escritas ou até mesmo via web. Mas, isso não é tudo.

É de suma importância que o candidato tenha capacidade de trabalhar em equipe, pois aquele que possui todo o conhecimento, mas não sabe trabalhar em equipe, é um candidato incompleto.

Essa é a importância da dinâmica de grupo, por exemplo. É nessa etapa que os candidatos mostram algumas de suas características conscientes e inconscientes. Aqui se revela a criatividade, a capacidade de dialogar e, de maneira geral, como os candidatos buscam a solução para algum tipo de problema em comum. 

Buscar conhecer um pouco dos valores e ideais do candidato é valioso para a empresa contratante. Os profissionais qualificados para a vaga em questão, são aqueles que possuem o conhecimento e tem a capacidade de aplicar-lo com êxito em sua área de trabalho.

3. Use os canais certos para divulgação

Atualmente, há na internet uma série de canais que pode ser usada para a divulgação de vagas do mercado de trabalho. Desde grupos ou páginas em redes sociais até sites especializados no assunto.

Esses sites e plataformas realizam análises de compatibilidade entre os perfis, relacionando os candidatos com a cultura e valores da empresa e, assim, destacando os mais qualificados. É engraçado pensar que há algum tempo essa divulgação era feita, principalmente, por meio de classificados no jornal.

Com o advento da internet, o acesso à informação ficou consideravelmente facilitado. É muito mais simples para ambas as partes (contratante e contratado) buscarem o que procuram. É possível encontrar os candidatos mais promissores através da telinha do tablet ou do smartphone.

4. Procure não apenas experiência, mas competência

Buscar saber sobre as experiências profissionais do aspirante pode ser algo elucidador.

Informações sobre o tempo de permanência do funcionário em organizações anteriores e os motivos de ter saído de lá podem revelar algum aspecto relevante sobre o candidato. Tanto para o lado positivo quanto para o negativo. E as experiências profissionais anteriores, de fato, agregam valor e sabedoria. Porém, como já foi dito antes, isso não é tudo a se analisar.

Ao construir o perfil do candidato ideal para cada vaga é interessante que se use esse perfil como base para buscar um profissional, mesmo que ele precise de algum treinamento ou aperfeiçoamento técnico. O principal aspecto a se procurar no candidato é saber se ele é compatível com os valores e cultura de sua empresa.

5. Veja a proximidade com o local de trabalho

Trabalhar perto de casa é sinônimo de qualidade de vida. É um poço de vantagens tanto para a empresa quanto para o funcionário. Entre os benefícios para a empresa pode-se citar a pontualidade, o bem-estar do trabalhador e a redução dos custos com transporte, se for o caso.

Já no ponto de vista do funcionário, evitar atrasos, fugir daquele possível engarrafamento e reduzir o tempo de deslocamento até o local de trabalho são vantagens que, realmente, trazem bem-estar e reduzem o estresse da rotina diária.

Buscar canais para divulgação de vagas de trabalho que deem preferência para candidatos que morem nas proximidades da empresa é uma atitude interessante.

Com estas dicas, a atividade de divulgação das vagas de trabalho e contratação de pessoal capacitado com certeza se darão de maneira otimizada e eficaz, trazendo para a empresa profissionais capacitados.

Um processo de recrutamento eficiente só traz benefícios tanto aos funcionários quanto para a empresa contratante, pois o que acontece é uma união de interesses em comum: o trabalhador que busca exercer suas potencialidades e a organização que busca o contribuinte para crescer junto de si.

Se tem interesse pelo assunto e quer saber mais sobre a contratação de profissionais qualificados, é indispensável que se tenha uma boa fluência no inglês.

Aprenda a conduzir uma entrevista de emprego em inglês para potencializar o alcance e influência de sua organização e acompanhe as novidades do blog, pois sempre tem uma matéria interessante com vista no desenvolvimento profissional de pessoas. Até a próxima!

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer saber mais sobre as novidades em RH?Inscreva-se em nossa newsletter