Recursos Humanos

Como tornar o processo de recrutamento e seleção mais eficiente

recrutamento-selecao
Escrito por Fluenglish

O processo de recrutamento e seleção é importantíssimo dentro de uma empresa. Ele seleciona perfis, analisa os talentos, testa e renova o quadro de funcionários que serão responsáveis pela competitividade do negócio.

A forma como se conduz o processo de R&S varia de acordo com o porte, recursos humanos e financeiros de cada lugar. 

É muito comum que, em empresas de pequeno porte, somente o gerente responsável pelo setor e o gestor de RH façam esse trabalho. Por outro lado, grandes organizações contam com headhunters e outros profissionais e têm processos mais longos e robustos.

De modo geral, o processo de recrutamento e seleção passa por algumas etapas básicas. São elas:

  • Divulgação da vaga.
  • Prospecção ativa dos talentos.
  • Triagem dos currículos.
  • Primeira conversa com o candidato, feita pelo gerente do setor.
  • Análise da compatibilidade com a cultura organizacional.
  • Teste de avaliação técnica.
  • Teste de proficiência em língua estrangeira (a depender do cargo).
  • Alinhamento de expectativas empresa/candidato.
  • Entrevista com o RH, feita pelo gestor de RH.
  • Decisão final.

São diversos momentos no R&S. Envolve diversas pessoas, muito tempo e recursos financeiros. Apesar dos esforços em enxugar o processo, o RH também precisa conduzir ao máximo de forma assertiva, para evitar uma contratação equivocada e a elevação da taxa de turnover.

Por isso, este artigo irá apresentar algumas ferramentas e práticas para o setor de Recursos Humanos otimizar o processo de recrutamento e seleção. Continue a leitura e entenda como a sua empresa pode torná-lo mais eficiente.

8 formas de tornar mais eficaz o processo de recrutamento e seleção

Há diversas formas de otimizar o processo de R&S.

  1. Defina o perfil de candidato ideal

Antes de começar, é preciso ter bem definido o tipo de profissional que se espera para o cargo. 

Quais são suas soft skills ou suas hard skills? Qual a fluência em inglês ou em espanhol desejada? O candidato deve morar próximo ao trabalho? Quanto tempo de experiência se exige para o cargo?

Responder a essas perguntas é indispensável para mapear o perfil de profissional que deseja.

  1. Pense na possibilidade de realocar… ou recontratar

É possível que dentro da empresa já exista um profissional ideal para a vaga. Que tal, então, pensar em criar campanhas de candidaturas internas? Dessa forma, evita-se todo o processo de contratação e os custos decorrentes.

Outra possibilidade é recontratar um antigo funcionário que tenha saído da empresa. Nesse sentido, é importantíssimo manter um banco de dados atualizado dos colaboradores, seus cargos, contatos e avaliações de desempenho.

  1. Peça indicações

Usar a de relacionamento da empresa e de funcionários para pedir indicações é outra forma de economizar. Além de informações mais confiáveis, é possível eliminar algumas etapas do processo de recrutamento e seleção.

Falando em indicações, uma ótima forma de avaliar os colaboradores é o Programa de Idiomas. É uma maneira de avaliar a proficiência e evolução em um idioma ao longo do tempo. Confire nosso Ebook e entenda.

  1. Faça entrevistas à distância

Já pensou no tempo que se pode economizar – tanto de entrevistador quanto de entrevistado – ao fazer entrevistas por ligações, seja por telefone, Skype, Hangouts ou até mesmo Whatsapp?

As entrevistas à distância também eliminam o limite geográfico e permite contactar pessoas de cidades, estados e até países diferentes.

  1. Invista em inteligência artificial

O machine learning, como softwares de ATS, podem fazer matchs de vagas e perfis de candidatos, com base no modelo ideal de candidato – definido pela empresa com base em variáveis como notas de avaliações internas.

É preciso fazer um investimento inicial em ferramentas de inteligência artificial, mas à médio prazo, muito tempo de trabalho pode ser poupado e o setor pode fazer recrutamentos muito mais assertivos.

  1. Automatize os processos de recrutamento e seleção

Para poupar tempo da equipe e profissionalizar os processos, nada melhor que automatizar. Usar a tecnologia à favor do time, integrando sistemas e dados, aprimora o fluxo de trabalho e ainda permite o acompanhamento em tempo real.

A automatização também dá um panorama e transparente do processo.

  1. Testes online de triagem

A etapa de triagem de candidatos é uma das que mais exige tempo e esforço do recrutador. Dezenas de currículos devem ser lidos, avaliados e descartados ou selecionados. Usar testes online de triagem é uma excelente forma de poupar o tempo despendido na análise de currículos.

  1. Aposte nos testes de proficiência em inglês online

A avaliação da fluência em inglês é um trabalho que exige expertise e auxílio de professores nativos, tanto na elaboração de testes quanto na avaliação do candidato.

A Certificação Fluenglish possui uma metodologia que analisa o domínio da gramática, leitura e interpretação, compreensão de áudio e conversação. Os testes são divididos por nichos de mercado e a única preocupação do gestor de RH será a escolha dos candidatos que melhor correspondem à vaga.

Conclusão

Tornar o processo de recrutamento e seleção mais eficiente é imperativo para os times de RH que precisam otimizar seus tempos e gerir melhor os recursos.

O processo seletivo online é uma evolução sem precedentes e faz toda a diferença na rotina dos negócios. Entenda mais sobre o assunto neste artigo e ganhe mais confiança para defender essa proposta que vai mudar a gestão da sua empresa.

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer saber mais sobre as novidades em RH?Inscreva-se em nossa newsletter